Buscar
  • Roberta Trabach

4 dicas para aumentar suas chances em uma entrevista de emprego.

Atualizado: 11 de Dez de 2020

É importante ter em mente que a entrevista de emprego é a porta de entrada de profissionais no mercado de trabalho, sendo comum causar ansiedade ou apreensão nos candidatos, especialmente aqueles que não estão habituados com esse processo.


No entanto, devemos considerar que existem diversas áreas de atuação profissional, sendo que em cada uma delas haverá pontos diferentes a serem observados e, consequentemente, a entrevista será estruturada de forma distinta.


Porém, a questão fundamental de crucial importância de análise para os Psicólogos Organizacionais é a questão comportamental do candidato, como seu interesse na vaga e na área de atuação, responsabilidade, vontade de se desenvolver como profissional, estabilidade em ambientes de emprego, além de questões técnicas sobre a vaga em questão.


Mas afinal, como observamos isso?


1. Postura: A postura e demais comportamentos não verbais dizem muito sobre um candidato. Se ele esta focado em todo contexto da vaga ou preocupa-se apenas com salários e benefícios, se está atento ao que está sendo dito e dando resposta que mostrem engajamento.


2. Pontualidade: A pontualidade também é um ponto de destaque no processo pois é um dos pontos que atesta a responsabilidade do candidato. Atrasos ou esquecimentos geralmente levam candidatos a perderem pontos nos processos.


3. Interesse: Frases como “estou desempregado, pra mim está bom”, “eu preciso voltar pro mercado” ou “não tenho muita escolha no momento” mostra que aquele candidato não é fixo em um ambiente de trabalho, o que leva a perder pontos com os recrutadores.


4. Desenvolvimento profissional: Candidatos que estão sempre buscando desenvolvimento profissional através de cursos, graduações, seminários e outros têm maiores pontos no processo, pois mostra o interesse do candidato de se desenvolver na sua área de atuação, bem como na empresa contratante.